Data: 16/8/2015
O mito do tamanho do pênis


Aqui está um grande tormento para muitos homens, o tamanho do seu pênis. O falo, no inconsciente masculino, demonstra virilidade e sensação de satisfação garantida ao parceiro, e a ideia de tê-lo pequeno provoca alterações na autoestima, na satisfação sexual e no desempenho. O pênis é o órgão fálico da cópula masculina e, em estado de repouso, mede de 10 a 11 cm de comprimento e 8 a 9 cm de diâmetro, variando de indivíduo para indivíduo. Em estados de ereção há um aumento dessas medidas, que também variam muito.

Ao contrário do que fantasiam muitos homens o prazer vaginal não necessariamente tem relação com o comprimento, o qual muitas vezes, em penetrações profundas, acaba provocando dores e desconforto abdominal nas fêmeas. É consenso na medicina sexual e ginecologia que a região vaginal mais inervada e mais passível de sensações prazerosas fica na entrada e terço anterior inicial, locais facilmente atingidos com um pênis de 8 cm. Há evidências que, nesse caso, o diâmetro peniano seria mais importante. As mulheres, em pesquisas já realizadas, informam também, na sua enorme maioria, que não se importam com o tamanho do pênis e se sentem mais satisfeitas com outras atitudes como carinho e receptividade.

Aproveitando-se desse mito têm aparecido diversos tratamentos alternativos prometedores de resultados absurdos e surrupiando o dinheiro de muitos desavisados. Na internet se derramam sites sobre o assunto que vendem formas sem comprovação científica e de resultados duvidosos. É preciso tomar cuidado! Existe uma corrente da ciência envolvida no tratamento de pacientes que realmente tem pênis pequeno, mas para se ter esse diagnóstico é preciso uma visita no urologista para ser avaliado. Há possibilidade de tratamento cirúrgico desses casos e com resultados animadores. Outra possibilidade é a injeção de componentes sanguíneos dentro pênis, como plaquetas e concentrado de hemácias, mas necessitamos de mais evidências científicas da eficácia desta terapêutica. De qualquer maneira, é consenso na literatura que muitos homens que procuram tratamento tem um pênis de tamanho normal e muitas vezes o esclarecimento, educação sexual e melhora da autoestima apresentam resultados mais satisfatórios e duradouros.